Wednesday, March 16, 2005

Possíveis locais de trabalho de um enfermeiro

Centros de Saúde
Hospitais
Maternidades
Clínicas
Centros de Enfermagem
Creches
Instituições de Solidariedade Social
Empresas
Estabelecimentos de Ensino (docentes)

Tuesday, March 15, 2005

Especialidades de Enfermagem

Muito se tem falado sobre o futuro das especialidades de Enfermagem em Portugal, mas poucas ou nenhumas têm sido as conclusões apresentadas aos Enfermeiros.

Enquanto isso na prática vão sendo cada vez menos os Enfermeiros Especialistas e existem mesmo áreas em que as carências são notórias.

Algumas escolas disponibilizam cursos de pós-graduação dizendo que os mesmos conferem na prática o grau de Especialista. Será? Ou é mais uma das operações de marketing para aliciar Enfermeiros?

O que parece cada vez mais consensual é a necessidade das futuras especialidades serem vocacionadas para áreas específicas da prestação de cuidados. Estaremos de acordo em relação a isto?

Como exemplo do que está a ser feito noutros países transcrevemos algumas árias em que o enfermeiro poderá adquirir especialização.


Aeroespacial
Assistência ao Adolescente
Atendimento Pré-Hospitalar
Banco de Leite Humano
Cardiovascular
Central de Material e Esterilização
Centro Cirúrgico
Clínica Cirúrgica
Clínica Médica
Dermatologia
Diagnóstico por Imagem
Doenças Infecciosas
Educação em Enfermagem
Emergência
Endocrinologia
Endoscopia
Estomaterapia
Ética e Bioética
Gerenciamento de Serviços de Saúde
Gerontologia e Geriatria
Ginecologia
Hemo dinâmica
Home-Care
Infecção Hospitalar
Informática
Nefrologia
Neonatologia
Nutrição Parenteral
Obstetrícia
Oftalmologia
Oncologia
Otorrinolaringologia
Pediatria
Perícia e Auditoria
Psiquiatria e Saúde Mental
Saúde Coletiva
Saúde da Família
Sexologia Humana
Trabalho
Traumato-Ortopedia
Terapia Intensiva
Terapias Naturais/Tradicionais e Complementares/Não Convencionais

Friday, March 11, 2005

Vantagens de ser Enfermeiro!!!

Propensos a doenças, devido ao envelhecimento do corpo, os idosos necessitam de recorrer muitas vezes à ajuda de terceiros. Alguns não o fazem porque julgam estar a incomodar, outros porque sabem que quem os pode ajudar não o faz de bom grado. Cuidar de um doente dá trabalho, não o negamos. No entanto, também tem as suas vantagens, seja para quem necessita, seja para quem faz as vezes de enfermeiro. É necessário não ver apenas o lado negativo, ou seja, todas as tarefas a realizar e todas as alterações da rotina. Veja então o lado positivo e conheça algumas das vantagens de ajudar alguém que luta contra uma doença.
Vantagens para o «enfermeiro»
Apoio emocional - a pessoa que cuida vai ser o apoio do doente a nível emocional. É certo que é uma responsabilidade, mas também tem os seus proveitos, uma vez que fortalece relações e incentiva a proximidade.
Orgulho - é esse o sentimento quando se faz bem a uma pessoa que necessita. E vai ver que se sente melhor consigo.
Organização - cuidar de alguém envolve a organização do tempo e das prioridades. Pode dizer-se que o «enfermeiro» aprende aqui, num curso intensivo, algo que pode aplicar no resto da vida.
Vantagens para o doente
Independência - com alguém próximo a cuidar dele, o doente tem mais liberdade, até porque não tem receio de pedir algo. Isto não seria possível se tivesse entregue a profissionais ou, por exemplo, internado num lar.
Pormenores - aquela camisa, aquele perfume, aquele prato. Quem toma conta de alguém que lhe está próximo, conhece todas as suas preferências, facto que deixa o doente mais relaxado e agradado. Se o «enfermeiro» não conhecer os gostos mais pessoais, esta revela-se uma excelente oportunidade para tal.

Sunday, March 06, 2005

Livros úteis...

Título: Manual de Reanimação Cardiopulmonar
Autores: Ángel L. González
Carlos G. Fernández
Elias R. Gil
Formato: 16x21 cm
Nº páginas: 96
ISBN: 972-8485-12-3
Código: SVM11
Preço: 15,00 €




Titulo: Por um trabalho melhor
Autores: Mme. D. Sagehomme
Formato: 16x23 cm
Nº páginas: 110
ISBN: 972-96680-6-X
Código: SVM06
Preço: 12,50 €


Título: Técnicas de Enfermagem 1
Autores: Fernando M. Henriques
Célia Samarina Santos
António F. Amaral
Formato: 16x23 cm
Nº páginas: 152
ISBN: 972-8485-13-1
Código: SVM01
Preço: 12,50 €


Título: Técnicas de Enfermagem 2
Autores: Paulo Joaquim Pina Queirós
Isabel Maia Pinheiro Moreira
Maria Isabel D. Fernandes
Pedro Alexandre Ferreira
Formato: 16x23 cm
Nº páginas: 126
ISBN: 972-8485-15-8
Código: SVM09
Preço: 12,50 €

Esta informação foi retirada da livraria da revista "Sinais Vitais".

Thursday, March 03, 2005

Ser portador de más notícias

Transmitir más notícias é uma realidade que acarreta aos enfermeiros grandes dificuldades traduzidas frequentemente em expressões como: “Como é que vou dizer que...?”. No entanto esta transmissão de informação pode ser facilitada se for encarada como uma técnica como tantas outras inerentes à profissão. Existe a necessidade de a aprender, aprofundar ou desenvolver no sentido de esta se tornar parte integrante e natural da nossa actuação na vida profissional.
Na transmissão de más notícias o enfermeiro pode e deve ter em consideração alguns aspectos para que estas deixem de ensombrar a sua actuação e possam ser recebidas pelo utente de forma mais adequada e menos dolorosa.
Esta informação foi baseada num artigo de Ana Violante, Fernanda Frausto e Rosário Correia

Wednesday, March 02, 2005

Escolas de Enfermagem existentes em Portugal

Olá! Neste pequeno espaço, damos-te a conhecer, a ti que pretendes ser Futuro Enfermeiro, algumas Faculdades onde podes leccionar Enfermagem. Damos o nome da Faculdade e a sua localização, nalguns casos o múmero de telefone e o site. Pronto! aqui tens uma bela lista!!!!

Escola Superior de Enfermagem de Beja
Beja
www.ipbeja.pt

Escola Superior de Enfermagem S.João de Deus
Évora
Telefone: 266730300
www.esesjd.uevora.pt

Escola Superior de Enfermagem de Ponta Delgada
Telefone principal: 296 302 280
PONTA DELGADA
www.esepd.pt


Escola Superior de Enfermagem de Viseu
Telefone principal: 232 419 100
VISEU
www.esenfviseu.pt


Escola Superior de Enfermagem Doutor Ângelo da Fonseca
Telefone principal: 239 487 200
COIMBRA
www.eseaf.pt


Escola Superior Enfermagem Doutor José Timóteo Montalvão Machado
Telefone principal: 276 301 690
CHAVES
www.esedjtmm.pt.vu


MES-Escola Superior Enfermagem de Dona Ana Guedes
PORTO
www.ag.esenf.pt

Escola Superior de Enfermagem Calouste Gulbenkian de Lisboa
Telefone principal: 217 913 400
LISBOA
www.esenfcgl.pt


Escola Superior de Enfermagem de Portalegre
PORTALEGRE

Escola Superior de Enfermagem de São José de Cluny
Telefone principal: 291 743 445
FUNCHAL
www.esesjcluny.pt

Escola Superior de Enfermagem de Bragança
Telefone principal: 273 331 593
BRAGANÇA


Escola Superior de Enfermagem
Telefone principal: 213 616 790
LISBOA


Escola Superior de Enfermagem Artur Ravara
Telefone principal: 218 912 200
LISBOA
www.esear.pt


Escola Superior de Enfermagem da Cidade do Porto
Telefone principal: 223 391 600
PORTO
www.cp.esenf.pt


Escola Superior de Enfermagem da Imaculada Conceição
Telefone principal: 228 349 850
PORTO
www.esenfic.com


Escola Superior de Enfermagem de Bissaya Barreto
Telefone principal: 239 802 850
COIMBRA
www.esebb.pt

Escola Superior de Enfermagem de Calouste Gulbenkian
Telefone principal: 253 609 000
BRAGA
www.esecg.pt

Escola Superior de Enfermagem de D. Ana Guedes
Telefone principal: 226 198 580
PORTO
www.ag.esenf.pt

Escola Superior de Enfermagem de Leiria
Telefone principal: 244 813 388
LEIRIA
www.esenf.ipleiria.pt

Escola Superior de Enfermagem de Maria Fernanda Resende
Telefone principal: 217 924 100
LISBOA
www.esemfr.com

Escola Superior de Enfermagem de Santa Maria
Telefone principal: 225 098 664
PORTO
www.esenfsm.pt

Escola Superior de Enfermagem de Viana do Castelo
Telefone principal: 258 809 550
VIANA DO CASTELO
www.esenfvc.pt

Escola Superior de Enfermagem Doutor Francisco Gentil
Telefone principal: 217 271 280
LISBOA

Escola Superior de Enfermagem São João
Telefone principal: 225 073 500
PORTO
www.sj.esenf.pt

Escola Superior de Saúde de Bragança
Telefone principal: 273 331 593
BRAGANÇA
www.essa.ipb.pt

Formasau-Formação Saúde Lda
COIMBRA
www.sinaisvitais.pt

IFE-Instituto de Formação em Enfermagem Lda
AMADORA
www.go.to/ife

ISAVE - Instituto Superior de Saúde do Alto Ave
Telefone principal: 253639802
Póvoa de Lanhoso
www.isave.pt

CESPU - Escola Superior de Saúde do Vale do Ave e do Vale do Sousa
Vila Nova de Familicão e Gandra
www.cespu.pt

Salários na carreira de Enfermagem

Categorias/Salários

Enf. Supervisor_ 1.782,79 € (1º escalão); 1.970,45 € (2º escalão); 2.158,11 €(3º escalão); 2.439,61 € (4º escalão); 2.814,93 € (5º escalão); 2.983,83 € (6º escalão).

Enf. Chefe_ 1.688,96 € (1º escalão); 1.829,70 € (2º escalão); 1.970,45 € (3º escalão); 2.158,11 € (4º escalão); 2.392,69 (5º escalão); €2.814,93 € (6º escalão); 2.721,10 € (7º escalão);

Enf. Especialista_ 1.435,61 € (1º escalão); 1.501,30 € (2º escalão); 1.642,04 € (3º escalão); 1.782,79 € (4º escalão); 1.923,54 € (5º escalão); 2.111,20 € (6º escalão); 2.345,78 € (7º escalão); 2.674,18 € (8º escalão);

Enf. Graduado_1.201,04 € (1º escalão); 1.313,63 € (2º escalão); 1.454,38 € (3º escalão); 1.548,21 € (4º escalão); 1.688,96 € (5º escalão); 1.829,70 € (6º escalão); 2.064,28 € (7º escalão); 2.336,39 €(8º escalão);

Enfermeiro_ 1.069,67 € (1º escalão); 1.116,59 € (2º escalão);


Horário dos Enfermeiros

Deixamos aqui o que a lei defende acerca dos horários de trabalho do enfermeiro.
O Enfermeiro tem direito a:
1 - Duas folgas semanais consecutivas (expressa no horário como F e F, sabendo que uma corresponde à folga semanal e outra a folga complementar), permitindo assim permuta entre as folgas e turnos;
2 - Em casos fundamentados, poderão os Enfermeiros ser chamados a comparecer ao serviço, devendo esta chamada ocorrer numa única folga semanal, permanecendo a outra intocável, havendo direito à retribuição extraordinária prevista no art.º 7 do Decreto-Lei 62/79 (vide tabela salarial), também aplicável nos casos em que o número de horas semanais normais ultrapasse as 35 horas.
3 - A contagem de horas é reportada a quatro semanas ou excepcionalmente a cinco (para permitir que o mesmo corresponda ao mês), com cargas horárias de 140h ou 175h mensais, respectivamente.
Esta informação foi retirada do site do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses http://www.sep.pt/

ESTÁGIO NO ESTRANGEIRO

Erasmus ou Networking: Ir ou não ir?

O Erasmus é, provavelmente, um dos mais interessantes e aliciantes programas de intercâmbio universitário que nos é proporcionado. Na nossa escola - ISAVE- é-nos dada a oportunidade de estagiar no estrangeiro através do programa Erasmus e não só, podemos também optar pelo Networking. Contudo, há quem decida não ir. As razões nem sempre são fáceis de descortinar... Na nossa opinião uma das principais razões pelas quais alguns alunos não querem ir, é o facto dos grandes custos que tal acontecimento(Estágio) acarreta. De facto, deve ser espectacular e enriquecedor estagiar no estrangeiro. Ora, se é enriquecedor para nós, futuros enfermeiros, é também para o nosso país pois irá ter profissionais de saúde muito mais qualificados. Seria a altura dos dirigentes deste País e as próprias escolas darem um empurrãozinho maior?!!!...

Benvindo Futuro Enfermeiro

Se pretendes seguir a prática de enfermagem, no nosso weblog poderás encontrar informações que te poderão ser úteis. Desde bibliografia, informações acerca da carreira de enfermagem e práticos conselhos, esperamos que as dicas te sejam úteis. Deixa o teu parecer para podermos melhorar este nosso weblog.